domingo, 24 de agosto de 2008

Retórica

Retórica é a arte do argumento e do convencimento do outro. Velha arte sofista ensinada nas Academias e praticada nas bancas de defesa e acusação. Desde lá a denúncia platônica de que a finalidade da retórica é a vitória na argumentação e não a busca da verdade.

Para convencer bem é preciso, primeiro, convencer-se: eliminar a dúvida, forçar a convicção, embriagar-se do argumento. Tão mais eficaz é a retórica quanto mais entranhada é a convicção. O argumento torna-se o centro de tudo e a argumentação passa a ser a única finalidade: arte pela arte, falar por falar - o entusiasmo segue-se do embevecimento.

O argumento mais eficaz é o mais simples: reto, não admite desvios ou vacilos. É aí que aparecem as curvas do real a complicar. É quando, em nome da eficácia e do convencimento fácil, o argumento simplifica e patrola a realidade. Então, a retórica dobra os ditames da lógica, força os limites do razoável, entorta as prescrições da moral, rompendo os compromissos com a verdade e com a justiça.

E, neste exato momento, o nosso retórico conquista sua primeira vitória, faz seus primeiros cativos: sua integridade moral e sua sanidade mental, presas do argumento. Vitória de Pirro.

2 comentários:

Gabriel disse...

Jaime, fiquei impressionado com seu histórico profissional! Estudo eng. elétrica também na ufrgs e uma das empresas que sempre quis trabalhar é a Digitel, por ser uma grande empresa e pelo meu interesse em telecomunicações. A Altus é outra grande empresa. Com certeza você não é uma pessoa comum!

E, coincidentemente, uso o sistema powerself para me organizar. Meu pai trabalha na Copesul (que hoje é Braskem) e lá eles usam esse sistema de organização. Então conheci o powerself através do meu pai e utilizo diariamente. Me interesso em conhecer métodos para aumento de produtividade. Meu Blog é sobre isso.

E foi através das pesquisas para matérias em meu blog que achei o seu (eu pesquisei sobre retórica).Então eu queria deixar registrado minha admiração por sua capacidade de empreender!

Um abraço!

Sérgio Coutinho disse...

Prezado Jaime, acabei a minha primeira leitura do teu livro "A arte de planejar o tempo". Foi apenas a primeira pois é um livro que pede novas reflexões e exige diálogos sobre seus temas. Como pesquisador, professor, coordenador entre tantas atividades, o método Powerself mostrou-se para mim um excelente caminho para, como você bem diz no livro, não apenas ter tempo para tudo que devo fazer mas para mim. Li o livro e conheci o método por meio do nosso amigo comum Álvaro Larangeiras, com quem trabalho na faculdade Mauricio de Nassau, em Maceió.

Abraço fraterno,

Sérgio Coutinho